Garantia e Extensão da garantia – Smartphones recondicionados

Condições gerais

A CertiDeal oferece ao consumidor (que tiver comprado qualquer produto do tipo smartphone ou tablet, Apple ou Android, na plataforma www.certideal.pt) uma garantia mínima legal de 24 meses. O termo “consumidor” se aplica a qualquer pessoa física ou jurídica que tenha adquirido produtos oferecidos em www.certideal.pt para seu uso pessoal, o que exclui a possibilidade de utilizar a garantia se o produto é vendido a um terceiro.

 

A CertiDeal garante ao cliente que o produto comprado em sua plataforma está isento de problemas materiais e técnicos, além de defeitos de fabricação não indicados ou descritos no anúncio. Nenhum dispositivo não funcional será vendido em www.certideal.pt. Os consumidores podem adquirir uma extensão de garantia para ampliar o tempo de cobertura da mesma.

Todos os produtos foram verificados e revisados por uma equipa profissional que garante seu bom funcionamento.

O acordo de garantia entre em vigência a partir da data de aquisição indicada na factura da CertiDeal e encerra-se 24 meses depois. A garantia é válidas para todos os produtos comprados no sítio www.certideal.pt, excluindo os acessórios e os produtos com uma menção de garantia diferente, caso em que estará claro e visível na página do produto.

 

O consumidor pode exercer o direito de garantia informando a CertiDeal mediante o envio de um e-mail a apoio@certideal.pt. O consumidor deverá informar as falhas do produto sem exceder os 15 dias entre a descoberta do problema (envio do e-mail) e o envio do produto à CertiDeal. Esse período se reduz a 3 dias caso o ecrã tenha se quebrado durante o transporte. O consumidor deverá provar que a garantia permanece vigente e explicar o contexto no qual ocorreu o problema técnico.

Benefícios da garantia

A CertiDeal tem autonomia de decidir se o produto deve ser reparado, trocado ou se deve-se ser feito um reembolso ao consumidor do valor do produto a partir da data da garantia. A CertiDeal irá reparar o produto, porém se isso não for possível a CertiDeal irá trocar o produto. No caso de uma troca, o produto defeituoso é trocado por um produto de qualidade similar (mesmo fabricante, mesma condição à altura da garantia, existe a possibilidade de uma troca de cor se o produto que foi adquirido inicialmente não estiver disponível). Se o produto em questão não for mais fabricado o não está disponível, a CertiDeal se reserva o direito de oferecer ao consumidor um produto de qualidade superior.

A CertiDeal se reserva o direito de reembolsar se a reparação e a troca não forem possíveis. A CertiDeal retem o produto defeituoso e reembolsa o valor do mesmo (valor à altura em que o consumidor acionou a garantia).

Devolução em caso de garantia

No caso de problemas com um produto coberto pela garantia, o consumidor deve contactar por e-mail ou por telefone o serviço de apoio ao cliente da CertiDeal:

Email: apoio@certideal.pt

Se o problema não puder ser resolvido ao telefone e se estiver em princípio coberto pela garantia, a equipa do serviço de apoio ao cliente procederá à sua devolução. A CertiDeal só enviará ao consumidor uma guia de devolução pré-paga se não houver dúvidas sobre a validade da garantia, por meio da qual o produto poderá ser devolvido uma vez embalado e bem protegido. Assim que o produto chegar à CertiDeal o consumidor receberá uma mensagem via correio electrónico sobre o estado do mesmo e a opção selecionada (reparação, troca ou reembolso). No caso de um reembolso, solicitar-se-á uma declaração de conta bancária do consumidor. O cliente tem 7 dias a partir da data em que enviou sua solicitação para devolver seu produto, caso contrário a CertiDeal não poderá garanti-lo, a menos que o cliente esteja no exterior. Em caso de incapacidade de deslocar-se por razoes médicas, a CertiDeal enviará um transportador para recolher o produto na morada do cliente. A devolução não poderá realizar-se sem o prévio consentimento da CertiDeal.

Condições e exceções

As condições prévias para a validade da garantia são o uso adequado do produto e a observação das instruções do fabricante a respeito do cuidado e da manutenção. Exemplos de mal uso são:

- Dano devido à água

- Falhas eléctricas devido a carregadores não aprovados pelo fabricante

- Instalações não aprovadas pelo software do fabricante (como aplicações alheias)

 

A garantia não cobre:

- Peças de consumo, tais como as baterias, 3 meses a partir da data de compra, ou o desgaste dos botões e teclados que ainda estejam em estado funcional. Os defeitos dessas peças devem ser identificados durante a recepção do produto pelo consumidor. Mesmo assim, entre 3 e 6 meses a partir da recepção do produto, o mesmo pode continuar a ser analisado para verificar se o problema provém de uma falha ou defeito da bateria. O volume do som também tende a diminuir com o uso e o decorrer do tempo, de forma que uma simples redução do mesmo não justificará recorrer à garantia.

- Pequenas variações do produto que não afetem sua utilização.

- Defeito de fabricação importante (que não seja reparável com a troca de peças defeituosas), reconhecido pelo fabricante: esses defeitos somente estarão garantidos por no máximo um ano e deverão ser lidados diretamente com o fabricante (exemplo: a “touch disease” ou o problema dos ecrãs tácteis da Apple).

- Qualquer dano físico visível no produto, como ecrã e a câmara. O caso de ecrã rachado não resulta na ativação da garantia.

- Os danos físicos (por exemplo, riscos no corpo) são danos devidos ao desgaste normal.

 

A validade da garantia chegará a seu fim com:

- O não cumprimento da instalação, da manutenção ou das instruções de utilização.

- A manipulação e/ou a reparação de qualquer peça do produto por uma empresa diferente do fabricante ou de um associado da CertiDeal.

- A ausência de manutenção ou manutenção deficiente.

- Um dano do dispositivo que indique uma utilização inapropriada.

- Um dano causado por um evento de força maior ou um desastre natual.

Produtos não segurados

Se houver um defeito que não estiver coberto pelos termos da garantia, o custo do transporte de ida e volta estarão à cargo do consumidor. Além disso, o consumidor deverá pagar os custos de mão-de-obra pela avaliação do produto e a sua possível reparação. Se o consumidor for informado da inaplicabilidade da garantia e o mesmo desejar proceder com a reparação, o consumidor deverá também assumir o custo das peças sobressalentes.